Observatório Bíblico

Quarta-feira, Março 03, 2010

Wolfgang Stegemann: Jesus e seu tempo

Recebi hoje, enviado por Cássio Murilo, o volume 10 da Biblische Enzyklopädie [Enciclopédia Bíblica], uma História de Israel coordenada por Walter Dietrich e Wolfgang Stegemann e publicada na Alemanha pela editora Kohlhammer, de Stuttgart, desde 1996. Alguns volumes já estão sendo traduzidos para o inglês. Leia mais sobre a coleção aqui e aqui.

O volume 10 é de Wolfgang Stegemann e trata de Jesus e seu tempo em 448 páginas. Veja:

STEGEMANN, W. Jesus und seine Zeit. Stuttgart: Kohlhammer, 2010, 448 p. - ISBN 9783170123397.



O sumário e o prefácio podem ser lidos na página da editora.

Quem é o autor? Prof. Dr. Wolfgang Stegemann lehrt Neues Testament an der Augustana-Hochschule Neuendettelsau. E é um dos pesquisadores do Context Group.

Tenho dele - com Ekkehard W. Stegemann - História social do protocristianismo: Os primórdios no judaísmo e as comunidades de Cristo no mundo mediterrâneo. São Leopoldo/São Paulo: Sinodal/Paulus, 2004, 600 p. - ISBN 8523307664. O original alemão, da editora Kohlhammer, é de 1995 e esta é uma tradução da segunda edição, de 1997
.

Marcadores:

Bookmark and Share

Sábado, Fevereiro 27, 2010

Diversidade religiosa em Israel e Judá

Este livro, editado por Francesca Stavrakopoulou, Professora de Bíblia Hebraica na Universidade de Exeter, Reino Unido, e por John Barton, Professor de Interpretação da Sagrada Escritura na Universidade de Oxford, Reino Unido, trata das crenças e práticas religiosas de israelitas e judaítas.

Especialistas na área como Susan Niditch, Herbert Niehr, Nick Wyatt, Diana Edelman, Philip Davies, Carol Meyers, Rainer Albertz, Jeremy Hutton e Lester Grabbe, ilustram e analisam a diversidade destas crenças e práticas.


Diversidade muitas vezes esquecida nos manuais e nas salas de aula dos cursos de graduação, mas cada vez mais reconhecida e debatida pela academia e por um número crescente de publicações.

Publicação prevista, tanto em Paperback quanto em Hardcover, para abril de 2010.


STAVRAKOPOULOU, F.; BARTON, J. (eds.) Religious Diversity in Ancient Israel and Judah. London: T & T Clark, 2010, 224 p. - ISBN 9780567032164.


Diz a editora:
Understanding of the religious beliefs and practices of the ancient Israelites has changed considerably in recent years. It is now increasingly accepted that the biblical presentation of Israelite religion is often at odds with the historical realities of ancient Israel’s religious climate. As such, the diversity inherent to ancient Israelite religion is often overlooked—particularly within university lecture halls and classrooms. This textbook draws together specialists in the field to explain, illustrate and analyze this religious diversity. Following an introductory essay guiding the reader through the book, the collection falls into three sections. The first focuses on conceptual diversities. It deconstructs common assumptions about Israelite religion and reconstructs Israelite perceptions of the nature of the religious world. The second section examines socio-religious diversities. It studies the varied social contexts of ancient Israelites, exploring the relationship between worshippers’ social locations and their perceptions and experiences of the divine. The third section deals with geographical diversities. It seeks to understand how geographical distinctions engender certain characteristics within Israelite religion and impact upon religious perceptions. Underpinning each essay in this volume is a shared concern to: (1) explore the ways in which worshippers’ socio-cultural contexts shape and colour their religious beliefs and practices; (2) assess the role, benefits and limitations of the Hebrew Bible/Old Testament in reconstructing ancient Israelite religion.



Sumário - Contents

Introduction: Francesca Stavrakopoulou and John Barton

:: Conceptual Diversities

Experiencing the Divine: Heavenly visits, earthly encounters, and the land of the dead
Susan Niditch, Amherst College, MA, USA

‘Israelite’ religion and ‘Canaanite’ religion
Herbert Niehr, Eberhard Karls University, Tubingen, Germany

‘Official’ religion and ‘popular’ religion
Francesca Stavrakopoulou, University of Exeter, UK

:: Socio-Religious Diversities

Royal religion in ancient Judah
Nick Wyatt, University of Edinburgh, UK

Cultic sites and complexes beyond the Jerusalem Temple
Diana Edelman, University of Sheffield, UK

Urban religion and rural religion
Philip Davies, University of Sheffield, UK

Household religion
Carol Meyers, Duke University, NC, USA

Personal piety
Rainer Albertz. Wilhelms University, Munster, Germany

:: Geographical Diversities

Northern, Southern and Transjordanian perspectives
Jeremy Hutton, Princeton Theological Seminary, USA

Worship beyond Yehud
Lester Grabbe, University of Hull, UK

Post-Script: Reflecting on religious diversity
John Barton, University of Oxford, UK

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Fevereiro 09, 2010

Uma leitura agrária da Bíblia

“Agrarianism is a way of thinking and ordering life in community that is based on the health of the land and of living creatures.”

Produzir alimentos e sustentar a vida sem destruir o planeta. Onde está isto na Bíblia? O livro de Ellen F. Davis, Professora da Universidade Duke, Durham, NC, USA, mostra. Confira:


DAVIS, E. F. Scripture, Culture, and Agriculture: An Agrarian Reading of the Bible. Cambridge: Cambridge University Press, 2009, xvii + 234 p. - ISBN 9780521732239.


For anyone who believes that the Old Testament is a powerful voice in support of our sustainable use of the planet’s resources (which some deny) but is dissatisfied with current attempts to demonstrate that (e.g., the very tired “stewardship” idea), Ellen Davis’s Scripture, Culture, and Agriculture: An Agrarian Reading of the Bible is your answer. This is a triumphantly novel and successful work of scholarship that on the all-important question of our relationship to the earth allows vast sweeps of the Old Testament to give vent to its deep intelligence and profound moral insights that were always available if only someone asked the right questions (...) Professor Davis has turned to agrarian theory, typified in the work of Wendell Berry (who has written a foreword to this volume) and other writers, such as Wes Jackson and Bruce Colman. An agrarian approach insists that we have been given the land to care for, in an attitude of reverence and humility before it. It brings out the importance of our connection with and memory of particular localities from which we draw the sustenance we require. Above all, it stresses that we must use the earth sustainably, by not compromising its means of sustaining itself. It sets up the ideal of the small-holder closely connected with the land and farming in a diversified way in sharp contrast with the large-scale industrialized farming of agribusiness, heavily dependent on fertilizer and single cropping, remorselessly driving down the nutrient levels in the land and leading to depopulation of rural areas. As Davis states in her first sentence, “Agrarianism is a way of thinking and ordering life in community that is based on the health of the land and of living creatures.” Agrarianism is a perspective for undertaking exegesis, not a distinct method (da resenha de Philip F. Esler, da Universidade St. Andrews, St. Andrews, Escócia).

A resenha, que elogia o livro de ponta a ponta, escrita por Philip F. Esler, foi publicada na Review of Biblical LIterature em 12 de setembro de 2009.

Uma leitura obrigatória para todos os exegetas e teólogos que vivem na terra do agronegócio...

Marcadores:

Bookmark and Share

Segunda-feira, Janeiro 25, 2010

História social do antigo Israel

Lançamento recente em português. Traduzido do alemão por Haroldo Reimer. Que também escreveu uma resenha na Ribla n. 60, em 2008. Resenha que está disponível online.

KESSLER, R. História social do antigo Israel. São Paulo: Paulinas, 2010, 304 p.

Marcadores:

Bookmark and Share

Segunda-feira, Janeiro 11, 2010

O Reino de Deus no Evangelho de Marcos

Recebi, na semana passada, o último número da REB, vol. 69, fascículo 276, de outubro de 2009. E li uma resenha extremamente positiva de um livro de Elliott C. Maloney sobre o evangelho de Marcos. Escrita por Johan Konings.

O livro é:

MALONEY, E. C. Mensagem urgente de Jesus para hoje: O Reino de Deus no Evangelho de Marcos. São Paulo: Paulinas, 2008, 176 p. - ISBN 9788535621938.

O original, em inglês, é:

Jesus' Urgent Message for Today: The Kingdom of God in Mark's Gospel. New York: Continuum, 2004, ix + 150 p. - ISBN 0826416047.

Na RBL há uma resenha do livro, escrita por Robert Lewis, da Fordham University, Bronx, NY, publicada em 06/11/2004. Também muito elogiosa.

Um livro para se prestar atenção. Escrito por um norte-americano que vem frequentemente ao Brasil e conhece nosso modo de ler a Bíblia, tendo contato com Mesters, Konings, Gorgulho, Ana Flora e outros professores brasileiros.

Conversei com ele, mais de uma vez, na PUC-Campinas, onde ia procurar os professores de Bíblia, especialmente o Herminio e eu, para trocar ideias sobre as leituras brasileiras da Bíblia.

Elliott C. Maloney é beneditino e Professor de Novo Testamento no Saint Vincent College, em Latrobe, Pennsylvania, USA.

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Dezembro 15, 2009

A Bíblia e suas traduções

A UFMG realizou nos dias 22 a 24 de agosto de 2007, na Faculdade de Letras, o I Colóquio Internacional "A Bíblia e suas Traduções". Os ensaios decorrentes do evento foram compilados no livro A Bíblia e suas traduções, lançado recentemente pela Editora Humanitas, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP.

GOHN, C.; NASCIMENTO, L. (orgs.) A Bíblia e suas traduções. São Paulo: Humanitas, 2009, 300 p. - ISBN 9788577321087.

Diz a editora:
Os textos reunidos neste livro são uma pequena amostra dos estudos bíblicos na contemporaneidade. A partir de uma perspectiva comparatista, cultural e linguística, organizam-se e aproximam-se o cinema, a literatura, a música e a arte em geral, às reflexões sobre a língua, a tradução e a semiótica. A escritura dá-se a ler, revela-se, ilumina-se a partir das análises desses novos hermeneutas. Também propõe novos enigmas e desafios: como uma biblioteca infinita não é totalmente apreensível, não se deixa esgotar, e, ao dobrar-se sobre si mesma, faz-se labirinto. A multiplicidade do texto bíblico, sua beleza fundamental, adquire, na abordagem de cada pesquisador, luz própria. Assim, no cadinho do estudioso, a poesia bíblica alcança a todos; a hermenêutica sagrada põe em relevo leituras quase profanas e a tradição da interpretação acaba por se configurar no que poderíamos chamar de semiose infinita.

Leia Mais:
UFMG: The Bible and its Translations
: 23 de julho de 2007
Sobre o Colóquio "A Biblia e suas Traduções” : 28 de agosto de 2007
"A Bíblia e suas traduções" expande texto bíblico para além da religião: Luiza Caires - USP Online: 01 de dezembro de 2009

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Dezembro 08, 2009

Homenagem a Robert R. Wilson

Quem estuda profetismo comigo sabe que sempre recomendo a leitura de Robert R. Wilson, Profecia e Sociedade no Antigo Israel.

Pois veja:

AHN, J. J. ; COOK, S. L. (eds.) Thus Says the Lord: Essays on the Former and Latter Prophets in Honor of Robert R. Wilson. London: T & T Clark, 2009, 272 p. - ISBN 9780567178046.

This work assembles contributions from North America's leading Hebrew Bible/Old Testament scholars in honor of a highly respected biblical scholar, whose work on biblical prophets has been especially influential. Within the list are former teachers, current colleagues, and former students who are now colleagues in their own right, representing a wide range of denominational traditions represented - Roman Catholics, Lutheran, Episcopal, Presbyterian, etc. The book is divided into major two sections with a brief introduction by the editors, John Ahn and the Stephen Cook. Here, a brief biography and the academic career of Robert Wilson's contribution to the guild (with a bibliography at the end of this section) and more over, at a personal level, his ceaseless work in helping to transform and reform the 'new' Yale Divinity School and his impact in moulding the Ph.D. program in HB/OT in the Religious Studies Department of the Graduate School at Yale University. Part I hold the essays on the Former Prophets and Part II on the Latter Prophets. Over the last 30 years this pioneering series has established an unrivalled reputation for cutting-edge international scholarship in Biblical Studies and has attracted leading authors and editors in the field. The series takes many original and creative approaches to its subjects, including innovative work from historical and theological perspectives, social-scientific and literary theory, and more recent developments in cultural studies and reception history.

The festschrift was organized by two former student of Wilson, John Ahn, who teaches at Austin Presbyterian Theological Seminary in Austin, TX, and Stephen L. Cook, who is on the faculty at Virginia Theological Seminary in Alexandria, VA.

Leia Mais:
:: In the News: The Robert Wilson Festschrift: 08/12/2009, no biblioblog Biblische Ausbildung, de Stephen L. Cook, um dos editores do livro.
:: Professor Robert Wilson honored with Festschrift
:: WILSON, R. R. Profecia e Sociedade no Antigo Israel. 2. ed. revista. São Paulo: Targumim/Paulus, 2006, 392 p. - ISBN 8599459031.

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Dezembro 01, 2009

Releitura apocalíptica da justificação em Paulo

Em Biblical Studies Carnival 48, Doug Chaplin, do biblioblog Clayboy, chama a atenção para este que, segundo ele, é um dos grandes livros de 2009. Não é minha área, mas pelo pouco que li, acho que os estudiosos de Paulo deveriam verificar a obra com atenção. Saiu em agosto:

CAMPBELL, D. A. The Deliverance of God: An Apocalyptic Rereading of Justification in Paul. Grand Rapids, MI: Eerdmans, 2009, 1376 p. - ISBN 9780802831262.

E depois conferir os comentários e resenhas que Andy Rowell reuniu em seu biblioblog Church Leadership Conversations sobre este livro. Que foi também muito debatido no recente Congressso da SBL.


Na Amazon.com se lê:
This book breaks a significant impasse in much Pauline interpretation today, pushing beyond both “Lutheran” and “New” perspectives on Paul to a noncontractual, “apocalyptic” reading of many of the apostle’s most famous — and most troublesome — texts. In The Deliverance of God Douglas Campbell holds that the intrusion of an alien, essentially modern, and theologically unhealthy theoretical construct into the interpretation of Paul has produced an individualistic and contractual construct that shares more with modern political traditions than with either orthodox theology or Paul’s first-century world. In order to counter­act that influence, Campbell argues that it needs to be isolated and brought to the foreground before the interpretation of Paul’s texts begins. When that is done, readings free from this intrusive paradigm become possible and surprising new interpretations unfold. Douglas A. Campbell teaches New Testament at Duke Divinity School (2003-), having previously taught New Testament at King’s College London in the United Kingdom (1996-2003), and western religions at the University of Otago in New Zealand (1989-1996). He has also previously written two books on Paul: The Rhetoric of Righteousness in Romans 3:21-26 (1992) and The Quest for Paul’s Gospel: A Suggested Strategy (2005).

Marcadores:

Bookmark and Share

Sexta-feira, Novembro 27, 2009

Livros que valem a pena: 2 + 2

Foram acrescentados à página + Novidades 4 novos livros: 2 obras que acabaram de sair, sobre Qumran e Êxodo, e 2 que serão lançadas em 2010, sobre Profetas e História de Israel.

Confiram:

COLLINS, J. J. Beyond the Qumran Community: The Sectarian Movement of the Dead Sea Scrolls. Grand Rapids, MI: Eerdmans, 2009, 278 p. - ISBN 9780802828873.

DOZEMAN, T. B. Exodus. Grand Rapids, MI: Eerdmans, 2009, 888 p. - ISBN 9780802826176.

DAY, J. (ed.) Prophecy and the Prophets in Ancient Israel. Proceedings of the Oxford Old Testament Seminar. London: T & T Clark, 2010, 384 p. - ISBN 9780567473646. Publicação prevista para junho de 2010.

GRABBE, L. L. (ed.) Israel in Transition 2: From Late Bronze II to Iron IIA (c. 1250-850 BCE): The Texts. London: T & T Clark, 2010, 224 p. - ISBN 9780567649485. Publicação prevista para abril de 2010. Obra do Seminário Europeu sobre Metodologia Histórica.

Marcadores:

Bookmark and Share

Sábado, Outubro 31, 2009

Paulo: um místico visionário?

Livro novo publicado pela Paulus. Nada posso dizer sobre o conteúdo, pois ainda não o vi e nem é "meu terreiro", digamos assim... Mas aí vai a dica:


MACHADO, J. O misticismo apocalíptico do Apóstolo Paulo. São Paulo: Paulus, 2009, 296 p. - ISBN: 9788534930895

Diz a editora:
"Esta obra apresenta Paulo de Tarso na perspectiva da experiência religiosa, com destaque para os elementos místicos visionários de sua carreira, que fizeram parte do judaísmo e da religiosidade do primeiro século. Tradicionalmente, ele tem sido visto como grande exegeta, pensador e teólogo da Antiguidade, no âmbito dos primórdios do cristianismo. Essa concepção criou uma caricatura anacrônica desse apóstolo, como se fora um teólogo produtor de textos – o que tem caracterizado o labor teológico ocidental dos últimos séculos. Ele vem sendo acusado até mesmo de ter sido o grande pervertedor dos ensinos de Jesus de Nazaré e, consequentemente, de ter sido o criador de uma nova religião que desembocou no cristianismo ocidental que conhecemos. Entretanto, seus próprios escritos, notoriamente as Cartas aos Coríntios, revelam as impressões digitais de um judeu místico apocalíptico, típico do primeiro século. Sua experiência mistica, mediada pela comunidade cristã que o acolheu, o tornou um seguidor de Jesus de Nazaré – cujos seguidores caracterizavam nada mais do que uma nova seita judaica naqueles dias. Bem diferente de um teólogo produtor de tratados teológicos, ou de um exegeta que faz análise gramatical de textos sagrados, Paulo foi um místico visionário, com crenças apocalípticas, cuja experiência de revelação lhe deu uma visão renovada das Escrituras e da tradição judaica. Foi um entusiasta carismático, que saiu pelo seu mundo fundando comunidades que vieram a compor as primeiras igrejas cristãs do Ocidente, tendo como base a revelação do Jesus ressuscitado que recebera. Essa perspectiva histórico-religiosa, que leva em conta a exegese dos textos paulinos, é fundamental para melhor compreensão de Paulo de Tarso e das origens do cristianismo".

Quem é Jonas Machado? Clique aqui.

Marcadores:

Bookmark and Share

Livro sobre os 30 anos do CEBI

Como se dizia antigamente, "no apagar das luzes" do mês de outubro de 2009, anoto, para os interessados na leitura popular da Bíblia, esta referência bibliográfica do CEBI.

CEBI, 30 Anos - Lendo a Bíblia e vestindo a camisa do povo. São Leopoldo: CEBI, 2009, 40 p. - ISBN 9788577330805

Diz o site do CEBI sobre o livro:

CEBI lança livro pelos seus 30 anos de atuação
Um livro para olhar, ler e guardar como recordação. Essa é a proposta do livro "30 anos, lendo a Bíblia e vestindo a camisa do povo", que o CEBI acaba de lançar alusivo ao seu trigésimo aniversário. No livro, a história do CEBI é narrada a partir das imagens estampadas em camisetas, produzidas em cada estado onde o CEBI construiu a sua caminhada, lendo a Bíblia e engajando-se nas realidades em favor da libertação e da transformação da vida das pessoas. A ideia de fazer um livro assim, que mistura depoimentos, história e estampas de camisas nasceu durante a 17ª Assembleia Nacional do CEBI, em Belo Horizonte, quando Frei Carlos Mesters comentou com a equipe da Dimensão de Espiritualidade como "seria bonito conhecer as camisas do CEBI que já foram feitas em todo Brasil". O comentário nos levou a costurarmos a ideia de pedir aos estados que reunissem as camisas confeccionadas em todas as regiões. Esta tecitura virou este livrotestemunho da espiritualidade bíblica, da espiritualidade libertadora que o CEBI se propõe viver com sua Leitura Popular da Bíblia e que se mostra em desenhos e símbolos estampados em camisas...

Fonte: Notícias - CEBI: 28 de outubro de 2009 - 11h46min

Marcadores:

Bookmark and Share

Domingo, Outubro 25, 2009

Mark Allan Powell e sua elogiada Introdução ao NT

Esta publicação me parece bem interessante. Especialmente para os nossos estudantes da graduação em Teologia. Já li outros escritos de Mark Allan Powell e fiquei impressionado com a clareza de sua escrita. Veja aqui, por exemplo.

Este livro acabou de sair, foi publicado agora em outubro. E se fosse traduzido por aqui?

POWELL, M. A. Introducing the New Testament: A Historical, Literary and Theological Survey. Grand Rapids: Baker Academic, 2009, 560 p. - ISBN 9780801028687.

Diz a editora:
This beautifully written and engaging survey offers an up-to-date New Testament introduction for undergraduate students and general readers. Powell presents disputed and controversial issues fairly, neither dictating conclusions nor privileging skepticism over faith-based perspectives. The book is written in a lively and engaging style and includes helpful sidebars, maps, tables, charts, glossary, diagrams, and suggestions for further reading. In addition, this full-color book includes beautiful artwork illustrating the reception of the New Testament through various times and cultures. A companion Web site will feature a wealth of additional resources for students and instructors. Mark Allan Powell is the Robert and Phyllis Leatherman Professor of New Testament at Trinity Lutheran Seminary.

Visite o site do livro. Leia também a opinião de Mark Goodacre em seu blog NT, aqui e aqui.

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Agosto 25, 2009

Minhas publicações: páginas reorganizadas

Reorganizei as páginas de minhas publicações.

A de livros e a de artigos.

Faça uma visita.

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Julho 28, 2009

FAQ sobre Jeremias: bibliografia foi atualizada

Renovei a bibliografia do texto sobre o "véio Jeré", que estarei estudando com o segundo ano de Teologia a partir da próxima semana.

Confira a bibliografia (mínima) no final de: Perguntas mais Frequentes sobre o Profeta Jeremias.

E faço uma triste constatação: alguns bons livros sobre Jeremias traduzidos para o português estão esgotados, e embora a bibliografia em inglês seja enorme, a "nossa" vai minguando, quando deveria, entendo eu, crescer...

Além do que, na enquete Qual é o seu profeta preferido? Jeré está apanhando feio de Isaías, o que é, igualmente, lamentável!

Ah! No próximo número da Estudos Bíblicos produzida pelos Biblistas Mineiros, e que sairá em maio de 2010, volto a escrever sobre o "véio Jeré".

Foi o que ficou definido em nossa reunião, em Belo Horizonte, no dia 6 deste mês. Depois falo mais sobre isso.

Marcadores:

Bookmark and Share

Sábado, Maio 23, 2009

John Van Seters e a saga bíblica do rei Davi

Será publicado em junho mais um livro de John Van Seters: The Biblical Saga of King David [A saga bíblica do rei Davi].

Van Seters argumenta que a estória bíblica de Davi é uma saga [do alemão, gesagt = “dita”, gênero que caracteriza uma narrativa que foi repetida oralmente durante muito tempo] composta na época persa por um autor que utilizou uma versão já profundamente idealizada deste rei presente na Obra Histórica Deuteronomista, reformulando-a, contudo, a partir dos padrões de sua época.


VAN SETERS, J. The Biblical Saga of King David. Winona Lake, IN: Eisenbrauns, 2009, x + 390 p. - ISBN 9781575061702.

Diz a editora Eisenbrauns:
"The biblical story of King David has been interpreted in many different ways, arising from the variety of methods used in and the intended objectives of the studies: Does the narrative contain insight into and information about the early history of the Judean monarchy, or is it merely a legendary tale about a distant past? Can we identify the story’s literary genre, it sociohistorical setting, and the intention of its author(s)? Is an appreciation for the wonderful literary qualities of the story compatible with a literary-critical investigation of the narrative’s compositional and text-critical history? Van Seters reviews past scholarship on the David story and in the course of doing so unravels the history of these questions and then presents an extended appraisal of the debate about the social and historical context of the biblical story. From this critical foundation, Van Seters proceeds to offering a detailed literary analysis of the story of David from his rise to power under Saul to his ultimate succession by Solomon".

"As can be expected from someone known for his original thinking on a variety of topics, Van Seters articulately argues that the biblical story of David is a saga composed in the late Persian period, a beautifully crafted and highly realistic portrayal of a typical Near Eastern monarch of that time. Its author took up, as his basic source, an earlier version of the David story in which the Deuteronomistic Historian presents a completely idealized David as the king and founder of a unified state of the people of Israel. By expanding this version with his own invented episodes, the saga writer radically undercuts Dtr’s ideology by revealing David and all his offspring, including Solomon, to be quite unfit for rule and the cause of the state’s ultimate demise. The David Saga is antimessianic in its understanding of the future destiny of the state of Israel and opposed to the popular notion in his time, namely, that of a single, unified and racially pure people of Israel to the exclusion of all the other people of the land of Palestine".

Sumário:
1. Introduction
2. The David Saga within its Social and Historical Setting: Part I
3: The David Saga within its Social and Historical Setting: Part II
4. David and Saul: the Problem of Multiple Accounts
5. David’s Life in Saul’s Court and David as an Outlaw
6. David Becomes King of Israel: the Dtr View
7. Life in the Court of David
Conclusion
Appendix I

Veja o sumário com mais detalhes na página da Eisenbrauns.

Leia mais sobre John Van Seters aqui e aqui.

Tomei conhecimento do livro através do Bibbiablog, no post The Biblical Saga of King David, de 15 de maio de 2009.

Marcadores:

Bookmark and Share

Quarta-feira, Abril 15, 2009

Novidades em + Novidades

Há novas indicações bibliográficas em + Novidades. Foram acrescentadas nos últimos dois dias. Os links para as obras, apresentações e resenhas estão na página + Novidades.

Recomendo:

:: 2006
MOORE, M. Philosophy and Practice in Writing a History of Ancient Israel. London: T &T Clark, 2006, x + 205 p. - ISBN 9780567029812 (Hardcover) - Paperback: 2009, 240 p. - ISBN 9780567109897. Leia mais em Quatro livros sobre Bíblia que valem a leitura.

:: 2007
ZETTERHOLM, M. (ed.) The Messiah in Early Judaism and Christianity. Minneapolis: Fortress, 2007, xxvii + 163 p. - ISBN 9780800621087. Leia a resenha escrita por James H. Charlesworth na RBL em 28/06/2008.

DeCONICK, A. D. The Thirteenth Apostle: What the Gospel of Judas Really Says. London: Continuum, 2007, 224 p. - ISBN 9780826499646 (Hardcover). Paperback: 2009, 224 p. - ISBN 9781847065681. Leia mais em The Forbidden Gospels Blog e em April D. DeConick.

:: 2008
HILHORST, A.; PUECH, E.; TIGCHELAAR, E. (eds.) Flores Florentino: Dead Sea Scrolls and Other Early Jewish Studies in Honour of Florentino García Martínez. Leiden: Brill, 2008, 836 p. - ISBN 9789004162921.

CHARLESWORTH, J. H. The Historical Jesus: An Essential Guide. Nashville: Abingdon Press, 2008, xx + 131 p. - ISBN 9780687021673. Resenha escrita por Peter J. Judge e publicada na RBL em 21/02/2009.

:: 2009
ZETTERHOLM, M. Approaches to Paul: A Student's Guide to Recent Scholarship. Minneapolis: Fortress, 2009, 288 p. ISBN 9780800663377. Publicação prevista para maio de 2009.

ORTIZ, P. Dicionário do grego do Novo Testamento. Traduzido do espanhol. São Paulo: Loyola, 2009, 304 p. - ISBN 9788515036080. Obra da Coleção Ferramentas Bíblicas.

MCKNIGHT, S.; MOURNET, T. C. (eds.) Jesus in Early Christian Memory: Essays in Honour of James D. G. Dunn. London: T & T Clark, 2009, 224 p. - ISBN 9780567045249. Lançamento previsto para maio de 2009.

CASEY, M. The Solution to the 'Son of Man' Problem. London: T & T Clark, 2009, 416 p. - ISBN 9780567030702 (Paperback). Hardcover: 2007, xiv + 359 p. - ISBN 9780567030696. Resenhado por Paul Owen, RBL, 09/02/2009.

Marcadores:

Bookmark and Share

Domingo, Abril 12, 2009

Mario Liverani: homenagem e bibliografia

Nos dias 20 e 21 de abril de 2009, o assiriólogo Mario Liverani, que também escreveu uma interessante História de Israel, traduzida para o português no ano passado, será homenageado com uma Conferência em Roma. Veja o programa:

Convegno in onore di Mario Liverani: Antico Oriente: nonsolostoria -- The Ancient Near East: not-only-history - International Conference in Honour of Mario Liverani


Sua importante bibliografia pode, por outro lado, ser vista em:

:: Bibliografia completa di Mario Liverani - Full bibliography of Mario Liverani

:: Mario Liverani’s 1990-1999 articles available in English

:: Mario Liverani’s Publications Available in English: Monographs

Dica de John Hobbins em seu blog Ancient Hebrew Poetry, organizador desta bibliografia a pedido do próprio Mario Liverani.

Marcadores:

Bookmark and Share

Quarta-feira, Março 25, 2009

Livro de James Crossley provoca polêmica

Um livro de James G. Crossley, Professor de Origens Cristãs e Judaísmo Antigo na Universidade de Sheffield, Reino Unido, obra recentemente publicada, está causando curiosa polêmica.

Principalmente porque o biblioblogueiro Crossley - veja seu blog Earliest Christian History - tratou da relação bastante amistosa de muitos biblistas - especialmente no âmbito anglo-americano - com o imperialismo. E, segundo a informação da editora, aplicando as teorias de Noam Chomsky, Edward Herman, Edward Said e outros, mostrou o alinhamento de vários biblioblogueiros com a ideologia da "guerra contra o terrorismo"...

Assim começa a descrição da editora Equinox:
This book applies the work of Noam Chomsky, Edward Herman, Edward Said and several others on international politics and the supportive role of the media, intellectuals and academics to contemporary Christian origins and New Testament scholarship. Part One looks at the ways in which New Testament and Christian origins scholarship has historically been influenced by its political and social settings over the past hundred years or so. Moving on to the present, the following chapter then applies Herman and Chomsky’s propaganda model of manufacturing consent in the mass media to the recent explosion of biblical scholars writing on the internet, in particularly ‘biblio-bloggers’. It is clear that political views in ‘biblio-blogging’ conform strikingly to the emphases that come through in Herman and Chomsky’s analysis of the mass media and intellectuals, particularly with the standard lines on the ‘war on terror’ and views on the contemporary Middle East. The rest of the book takes up modified key areas of the propaganda model in more detail...

O livro é:



CROSSLEY, J. G. Jesus in an Age of Terror: Scholarly Projects for a New American Century. London: Equinox Publishing, 2008, 256 p. - ISBN 9781845534295 (Hardback) 9781845534301 (Paperback)

Leia mais em Jesus in an Age of Terror, post de James G. Crossley que traz informações sobre o livro.

Veja resenhas do livro aqui, aqui e aqui.

E a polêmica sobre os exegetas e o imperialismo aqui, aqui e aqui.

E fique atento às "gentilezas" que certamente ainda serão publicadas sobre este livro.

Livro que recomendo, porque o autor, bem ou mal, teve a coragem de lidar com um tabu para muitos exegetas, que é a relação entre a leitura da Bíblia que andam fazendo e a realidade do mundo que vivemos hoje.

Marcadores:

Bookmark and Share

Segunda-feira, Março 02, 2009

Paulo no mundo greco-romano

SAMPLEY, J. P. (org.) Paulo no mundo greco-romano: Um compêndio. São Paulo: Paulus, 2009, 608 p. - ISBN 9788534929318.

Esta obra é composta por duas dezenas de ensaios que procuram examinar como Paulo modifica e incorpora as convenções e práticas culturais e sociais de sua época para falar à sua audiência gentia.

Como acontece em qualquer obra produzida por vários autores, os ensaios tendem a ser desiguais em qualidade, mas, no conjunto, o mérito do livro é inegável, dizem as duas resenhas que li, uma em alemão, outra em inglês.

Resenhas feitas por Tobias Nicklas, da Universidade de Regensburg, Alemanha, e por Kate Donahoe, da Universidade St. Andrews, Escócia. Foram publicadas em 5 de fevereiro de 2005 na RBL.

O original, publicado em inglês em 2003, é:

SAMPLEY, J. P. (ed.) Paul in the Greco-Roman World: A Handbook. Harrisburg: Trinity Press International, 2003, xiv + 690 p. - ISBN 9781563382666.


Diz a editora Paulus sobre o obra:
Nos últimos anos, o campo dos estudos paulinos tem produzido novas e importantes leituras de Paulo e de suas cartas, examinando sua pessoa e suas cartas no contexto mais amplo do mundo greco-romano. Este livro singular representa uma contribuição significativa para esses estudos, reunindo, em um volume, ensaios escritos por especialistas em Paulo de fama mundial, sobre vários tópicos como honra/vergoha, patrono/cliente, pater familias, autodomínio, tribulações, atletismo/milícia, amizade/inimizade, recomendações, adoção, virtudes/ vícios, exemplificação, comparação retórica, vanglória, linguagem franca. adiaphora (coisas indiferentes), provérbios, escravidão, casa/família, educação e casamento/divórcio. Paulo no mundo greco-romano deverá ser consultado com grande proveito pelas pessoas interessadas em situar Paulo em seu mundo. Este livro nos obriga a pensar seriamente na relação entre cultura e o contexto na apresentação paulina do Evangelho, de um modo que faz juz à complexidade da questão. Não é apenas um valioso compêndio de pesquisa, mas um livro importante, que por si mesmo merece ser lido como uma séria contribuição aos estudos paulinos.

J. Paul Sampley é Professor Emérito de Novo Testamento e Origens Cristãs da Universidade de Boston, USA.

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Janeiro 27, 2009

Dicionário do grego do Novo Testamento

ORTIZ, P. Dicionário do grego do Novo Testamento. Traduzido do espanhol. São Paulo: Loyola, 2009, 304 p. - ISBN 9788515036080. Lançamento: em breve.

Diz a editora:
Este livro de Pedro Ortiz cumpre três funções: é um dicionário grego-português, um dicionário português-grego e também uma concordância. As palavras podem ser buscadas tanto em sua forma grega como em sua tradução no português. Para maior utilidade, as citações também estão organizadas segundo afinidades temáticas.

Terceiro volume da Coleção Ferramentas Bíblicas.

Marcadores:

Bookmark and Share

Quinta-feira, Janeiro 08, 2009

Livro de Van Seters foi traduzido para o português

VAN SETERS, J. Em Busca da História: Historiografia no Mundo Antigo e as Origens da História Bíblica. São Paulo: EDUSP, 2008, 400 p. - ISBN 8531411017

Original: In Search of History: Historiography in the Ancient World and the Origins of Biblical History. Winona Lake, IN: Eisenbrauns, 1997, 399 p. - ISBN 9781575060132 (Hardcover)

Diz a editora:
Defrontando-se com a historiografia bíblica, mas também com a mesopotâmica, a hitita, a egípcia e a grega, o professor emérito da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, USA, John van Seters, um dos mais destacados autores na renovação dos estudos bíblicos, procura neste livro examinar o início da escrita de História em Israel, na Antiguidade, contra o pano de fundo das civilizações do Oriente Próximo e do mundo clássico. Sua grande virtude é articular este mundo clássico, particularmente o da historiografia grega antiga, ao contexto do mediterrâneo ocidental. John van Seters faz uma conexão entre uma literatura folclórica, de caráter mitológico, com a realidade política e cultural da época. Além disso, promove um melhor entendimento da prioridade e das implicações do surgimento do relato da História mais antiga do Ocidente.

Sobre John Van Seters, leia mais aqui e aqui.

Marcadores:

Bookmark and Share

Sábado, Dezembro 27, 2008

Josefo, a sociedade judaica e as origens cristãs

MASON, S. Josephus, Judea, and Christian Origins: Methods and Categories. Peabody, MA: Hendrickson, 2009, 464 p. - ISBN 9781598562545. Publicação prevista para março de 2009.

The book comprises eleven chapters in three parts:
  • Part I: Josephus, Interpretation and Historical Method
  • Part II: Josephus and Judaean Society
  • Part III: Josephus and Christian Origins
Da Introdução, que pode ser lida na página da Hendrickson, destaco:
The only reason to produce a new academic book is to contribute something coherent for scholarly reflection. In the past year I began to think that a number of my published and unpublished papers, on Josephus, Judean society, and Christian origins, had such a unifying theme and so could usefully be brought together in one volume. Driving my research for a number of years has been a set of questions related to historical and literary-interpretative methods, and the relationship between these two. What is history? What does it mean to read Josephus (or any other ancient narrative)? What is the relationship between reading the narrative and reconstructing the past —whether the past behind the story or the past represented by the text’s own existence as an artifact itself? (...) On the historical side of the ledger, one of my primary concerns has been with the appropriateness of our standard categories (...) The more that I have worked on the Eastern Mediterranean under Roman rule, the more I have become convinced that some of our most basic analytical categories, such as “religion,” “Judaism,” and even “gospel,” do not map onto ancient conceptions or language. And if they do not, what are the implications of that disparity for our analysis? What categories should we use instead? And so, I seemed to have in hand the promise of a coherent contribution: “methods and categories” in the study of Josephus, Judea, and Christian origins.

Steve Mason is Professor of History and Canada Research Chair in Greco-Roman Cultural Interaction at York University, Toronto. He is the author of Flavius Josephus on the Pharisees: A Composition-Critical Study (2001) and general editor of the twelve-volume series Flavius Josephus: Translation and Commentary.

Agradeço a Michael Helfield, do biblioblog Toshunka, onde vi a indicação do livro no post Latest work from Steve Mason: Josephus, Judea, and Christian Origins.

Marcadores:

Bookmark and Share

Sexta-feira, Dezembro 26, 2008

Tributo a Israel Finkelstein

FANTALKIN, A.; YASUR-LANDAU, A. (eds.) Bene Israel: Studies in the Archaeology of Israel and the Levant during the Bronze and Iron Ages in Honour of Israel Finkelstein. Leiden: Brill, 2008, xx + 247 p. - ISBN 9789004152823

Este livro é uma homenagem - um Festschrift - ao arqueólogo Israel Finkelstein, prestada, simbolicamente, por 12 de seus ex-alunos. Os ensaios abordam vários aspectos da arqueologia de Israel e do Levante durante as Idades do Bronze e do Ferro.

This collection of twelve papers, dedicated to Professor Israel Finkelstein, deals with various aspects concerning the archaeology of Israel and the Levant during the Bronze and Iron Ages. Although the area under discussion runs from southeastern Turkey (Alalakh) down to the arid zones of the Negev Desert, the main emphasis is on the Land of Israel. This collection provides the most recent evaluation of a number of thorny issues in Israeli archaeology during the Bronze and Iron Ages and specifically addresses chronology, state formation, identity, and agency. It offers, inter alia, a fresh look at the burial practices and iconography of the periods disscussed, as well as a re-evaluation of the subsistence economy and settlement patterns. This book is finely illustrated with more than sixty original drawings.

“…The twelve authors included here, a symbolic metaphor, represent in fact only a fraction of Israel’s many students. Professor Finklestein’s ongoing commitment to the training and guiding of students will no doubt continue to produce a steady flow of new archaeologists. More “Bene” and “Benot” Israel indeed.”

Os editores: Alexander Fantalkin, Universidade de Tel-Aviv, Israel, e Assaf Yasur-Landau, Universidade da Califórnia, Santa Cruz, USA.

Leia mais no blog de Jim West, no post Israel Finkelstein’s Festschrift - 23 de dezembro de 2008.

Marcadores:

Bookmark and Share

Sábado, Dezembro 13, 2008

Free Books in Biblical Studies and Related Fields

Uma lista de livros gratuitos online sobre Estudos Bíblicos e áreas afins. Alguns clássicos da história da exegese podem ser encontrados nesta lista, e só por isto ela já vale a pena.

A lista é baseada em Google Books ou Pesquisa de Livros do Google, Archive.org e outros sites. São livros disponíveis para leitura online, mas os que têm o nome do autor em vermelho permitem o download em formato pdf.

Lista compilada por Bob Buller, Danny Zacharias, Mark Vitalis Hoffman.

A list of Online Free Books in Biblical Studies and Related Fields. Google Books, Archive.org, & web-based content. By Bob Buller, Danny Zacharias, Mark Vitalis Hoffman.

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Dezembro 09, 2008

Mario Liverani: História antiga de Israel

LIVERANI, M. Para além da Bíblia: História antiga de Israel. São Paulo: Loyola/Paulus, 2008, 544 p. - ISBN 9788515035557.


As historias do antigo Israel sempre foram concebidas como uma espécie de paráfrase da narrativa bíblica. Esta obra de Mario Liverani, porém, é uma tentativa de reescrita da história de Israel que leva em consideração os resultados da crítica textual e literária, as contribuições da arqueologia e da epigrafia e que foi desenvolvida segundo os critérios da moderna metodologia historiográfica. Desta perspectiva resultam duas histórias: uma história normal dos dois pequenos reinos de Israel e Judá, semelhante àquelas de tantos outros pequenos reinos da região. E uma história inventada, construída pelos judaítas durante e após o exílio babilônico, que projetam no seu passado os problemas e as esperanças de sua época.

Leia Mais:
. História de Israel de Liverani em português
. LIVERANI, M. Oltre la Bibbia: Storia Antica di Israele. 6a. ed. Roma-Bari: Laterza, [2003] 2007, 526 p. - ISBN 9788842070603 [apresentação do livro]
. Pode uma 'História de Israel' ser escrita? Observando o debate atual sobre a História de Israel: Mario Liverani

Marcadores:

Bookmark and Share

Sábado, Dezembro 06, 2008

Max Weber e o judaísmo antigo segundo Chalcraft

CHALCRAFT, D. Max Weber and the Sociology of Biblical Social Worlds. London: T & T Clark, 2009, 224 p. - ISBN 9780567027580. Publicação prevista para setembro de 2009.

Description
The volume provides new Weberian readings and reconstructions of social and cultural processes in ancient Israel and formative Judaism as evidenced in the literary and material remains of the society. It places Weber's Ancient Judaism into the context of Weber's considered as a whole, and establishes that there is more to the legacy of Weber in biblical studies than reliance on the Ancient Judaism text suggests. Readers are introduced to the central themes in Weber's sociology, including his distinctive methodological positions, and are taken through a series of studies that utilize Weber's concepts and theories relating to law, charisma, stratification, work ethics, disenchantment and rationalization in relation to Biblical social worlds. These applications are considered critically, and the overall aim is to establish what a Weberian approach to ancient Biblical would be constituted by at the same time as integrating Weber's approach with the best in contemporary social science criticism and, when necessary, to develop a neo- and post - Weberian stance in relation to certain social variables and social processes.

David J. Chalcraft é Professor de Sociologia Clássica na Universidade de Derby, Reino Unido. Seus estudos de Bíblia foram feitos na Universidade de Sheffield e de Sociologia na Universidade de Oxford.

Chalcraft has long been associated with the interpretation of the life and work of Max Weber, being a co-founder of the international journal 'Max Weber Studies' co-editor of 'The Protestant Ethic Debate: Max Weber’s Replies to His Critics 1907-1910' (Liverpool University Press, 2001) and of 'Max Weber Matters: Interweaving Past and Present' (Ashgate, 2008). He has also contributed to the growing field of social scientific biblical criticism.

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Dezembro 02, 2008

Livro sobre Deuteronomista em português

Vi hoje na Editora Vozes que o livro de Thomas RÖMER, The So-Called Deuteronomistic History: A Sociological, Historical and Literary Introduction. New Edition. London: T & T Clark, 2007, x + 202 p. ISBN 9780567032126, que comentei no ano passado, foi traduzido para o português:


RÖMER, T. A chamada história deuteronomista: Introdução sociológica, histórica e literária. Petrópolis: Vozes, 2008, 208 p. - ISBN 9788532637550

Thomas Römer tem pesquisado as questões mais relevantes da OHDtr por mais de duas décadas e esta introdução é bem-vinda. Após uma introdução à temática e à história da pesquisa, o autor enfrenta o desafio de questões bastante complexas, como: Por que e como o deuteronomismo surgiu como uma “escola” na época da hegemonia assíria na Palestina? Os livros que compõem a OHDtr querem difundir idéias que interessam a alguém ou a alguma instituição no momento em que a obra foi elaborada? Do ponto de vista sociológico e ideológico o que acontece com esta obra durante o exílio babilônico e a época persa? A OHDtr é uma literatura de crise? Qual a influência que ela exerce sobre a identidade do período pós-exílico? Thomas Römer tenta responder a tais questões com uma solução de compromisso entre as mais difundidas hipóteses sobre a origem da OHDtr, notadamente as soluções de Harvard e de Göttingen. Ele defende uma desenvolvimento da obra em três estágios, com uma primeira edição anterior ao exílio (Harvard – F. M. Cross), uma segunda edição durante o exílio (a tese de M. Noth) e uma edição final no pós-exílio (a edição DtrN de Göttingen – R. Smend).

Leia Mais:
A OHDtr em Estudos Bíblicos
A Obra Histórica Deuteronomista na revista Estudos Bíblicos
Bibliografia comentada sobre a OHDtr
RIBLA: Profetas Anteriores ou OHDtr

Marcadores:

Bookmark and Share

Domingo, Outubro 26, 2008

História de Israel de Giovanni Garbini foi publicada

Como anotei em 10 de setembro passado, foi lançado recentemente o novo livro de História de Israel de Giovanni Garbini.


GARBINI, G. Scrivere la storia d'Israele. Brescia: Paideia, 2008, 352 p.

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Outubro 07, 2008

História de Israel de Liverani em português

A Loyola anuncia o lançamento para breve da imprescindível obra de Mario Liverani sobre História de Israel, Oltre la Bibbia: Storia Antica di Israele, publicada em 2003 e que já está na sexta edição no original italiano.

A obra foi também traduzida para o inglês e o espanhol em 2005 e para o francês em 2008. A História de Israel de Mario Liverani será publicada na coleção Estudos Bíblicos.


LIVERANI, M. Para além da Bíblia - História antiga de Israel. São Paulo: Loyola/Paulus, 544 p. - ISBN 9788515035557

Saiba mais sobre Mario Liverani e sua História de Israel nos biblioblogs clicando aqui.

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Setembro 16, 2008

Novo livro de Lemche publicado em dinamarquês

Como noticiado aqui e anotado igualmente aqui, está previsto para sair no final do próximo mês o novo livro de Niels Peter Lemche, The Old Testament Between Theology and History: A Critical Survey. Louisville, KY: Westminster John Knox, 2008, 504 p. - ISBN 9780664232450.

Acabo de ver no blog do Jim West que já foi publicada a edição em dinamarquês da obra: Det Gamle Testamente mellem teologi og historie.

Como lembra Jim, o dinamarquês pode nos parecer uma língua muito difícil, mas, se você, eventualmente, lê alemão, dará conta do recado quase todo...

De qualquer maneira, aguarde O Antigo Testamento entre Teologia e História. De Niels Peter Lemche.

Marcadores:

Bookmark and Share

Quarta-feira, Setembro 10, 2008

Giovanni Garbini: Scrivere la storia di Israele

Alguns blogs e listas de discussão sobre Bíblia estão comentando que vem aí novo livro de Giovanni Garbini sobre a História de Israel. Tenho poucas informações, por enquanto:

GARBINI, G. Scrivere la storia d'Israele. Brescia: Paideia, 2008, 352 p. Lançamento previsto para outubro de 2008. [EAN 9788839407559].

Diz La Feltrinelli:
La prima fase della storia d'Israele è durata dodici secoli (circa 1100 a.C.-135 d.C.), ma la bibbia ebraica, i cui libri vennero raccolti attorno alla fine di quel periodo, non ne racconta tutto e la presenta come storia "sacra", scritta non soltanto per preservare il ricordo del passato quanto piuttosto per trasmettere una forma di religione che si proponeva di contrastare il pensiero greco. Frutto di molti anni di studio, il saggio di Giovanni Garbini vuol essere un tentativo di ricostruire una storia di Israele meno sacra e più umana.

Veja a bibliografia de Giovanni Garbini aqui e aqui.

Marcadores:

Bookmark and Share

Segunda-feira, Agosto 25, 2008

Construindo Profecia e Profetas em Yehud

Com previsão de publicação para outubro de 2009, este livro sobre profetas e livros proféticos, organizado por Diana Edelman, da Universidade de Sheffield, Sheffield, Reino Unido, e Ehud Ben Zvi, da Universidade de Alberta, Edmonton, Canadá, parece interessante. Seu título: A Produção da Profecia: Construindo Profecia e Profetas em Yehud.


EDELMAN, D.; BEN ZVI, E. (eds.) The Production of Prophecy: Constructing Prophecy and Prophets in Yehud. London: Equinox Publishing, 2009, 256 p. - ISBN 9781845534998 (Hardback) - ISBN 9781845535001 (Paperback).

O livro é fruto de pesquisa sobre a construção da profecia e dos livros proféticos durante a época persa (538-332 a.C.) apresentada nos Encontros Anuais da EABS - European Association of Biblical Studies [Associação Européia de Estudos Bíblicos] - de 2006 e 2007.

A profecia bíblica aparece nesta época como um fenômeno escrito, possivelmente orientado para leituras públicas específicas. Os autores estudam a relação dos livros proféticos com outros textos, como os Livros dos Reis e a Obra Histórica Deuteronomista, além, é claro, de abordar o contexto social e ideológico no qual os livros proféticos surgem. A obra trabalha também com a construção de figuras de profetas do passado e as relaciona com a construção mais ampla do passado em Yehud, nome da província judaica na época persa. Os capítulos deste livro trazem abordagens genéricas, metodológicas e comparativas, além de tratar de questões e/ou livros específicos, como o Dêutero-Isaías, Jeremias, Amós e Jonas.

Além de Diana Edelman e Ehud Ben Zvi, vejo os nomes de Philip R. Davies, Rainer Albertz, Erhard Gerstenberger, Ernst Axel Knauf, Thomas Römer e Rannfrid I. Thelle. De todos estes autores, o único de quem ainda nada li é este último, Rannfrid I. Thelle, que me parece ser um norueguês da Universidade de Oslo. Quanto aos outros, posso recomendá-los "de olhos fechados", pois são velhos conhecidos dos estudos de História de Israel e da Obra Histórica Deuteronomista.

Da página da Editora, transcrevo, em inglês, a Descrição e o Sumário do livro:
Description

The editors have organized a long-term research program on Israel and the Production and Reception of Authoritative Books in the Persian and Hellenistic Periods at the Annual Meeting of the European Association of Biblical Studies. The first announced topic of enquiry was the construction of prophecy and prophetic books during the Persian period, for which dedicated sessions were held at the EABS meetings in 2006 and 2007. The present volume includes revised versions of the presentations made by Rainer Albertz, Ehud Ben Zvi, Philip R. Davies, Diana Edelman, Erhard S. Gerstenberger, Ernst Axel Knauf, Thomas C. Römer, and Rannfrid I. Thelle.

The general image that emerges from the volume is that of biblical prophecy as a written phenomenon, though perhaps open to selected public readings. The relationship between prophetic and other authoritative written texts (e.g., the Book of Kings, the Deuteronomistic History) is explored, as well as the general social and ideological setting in which the prophetic books emerged. The volume deals with the construction of images of prophets of the past and relates them to the general construction of the past in Yehud. It includes both general, methodological and comparative contributions and studies on particular issues/books (e.g., Deutero-Isaiah, Jeremiah, Amos and Jonah).

Contents
1. Diana Edelman and Ehud Ben Zvi, Introduction
2. Ehud Ben Zvi, Towards an Integrative Study of the Production of Authoritative Books in Ancient Israel
3. Diana Edelman, From Prophets to Prophetic Books: The Fixing of the Divine Word
4. Philip R. Davies, The ‘Booth of David’ and the Function of the Book of Amos
5. Ehud Ben Zvi, The Concept of Prophetic Books and its Historical Setting
6. Rainer Albertz, Public Recitation of Prophetical Books? The Case for the First Edition of Deutero-Isaiah
7. Erhard S. Gerstenberger, Postexilic Prophecy: Socio-Historical and Cultic Origins; Zoroastrian Analogies, and its Relationship to Torah
8. Ernst Axel Knauf, Kings among the Prophets
9. Diana Edelman, Jonah Among the Twelve: The Extended Family of God and The Triumph of Torah over Prophecy
10. Thomas C. Römer, The Formation of the Book of Jeremiah as a Supplement to the so-called Deuteronomistic History
11. Rannfrid I. Thelle, Babylon in Jeremiah: Reflections of a Discourse on Power in the Persian Period

Veja outros lançamentos de estudos bíblicos previstos para 2008/2009 em + Novidades.

Marcadores:

Bookmark and Share

Sábado, Agosto 09, 2008

Cassio Murilo autografa livro na Expocatólica

Edições Loyola promove hoje, 9 de agosto, às 16h00, na ExpoCatólica, sessão de autógrafos com Cássio Murilo Dias da Silva, autor de Leia a Bíblia como literatura.

O objetivo do livro é abordar as diversas formas de interpretar a Bíblia e as técnicas literárias utilizadas, como, por exemplo, delimitação do texto, figuras de linguagem e gêneros literários. A obra, que integra a coleção Ferramentas Bíblicas, é um manual de metodologia bíblica, uma cartilha, que oferece ferramentas para o estudo do texto bíblico de modo mais profundo. Trata das línguas originais da Bíblia (hebraico, aramaico e grego para o Antigo Testamento e grego para o Novo Testamento) e suas traduções, bem como do fundamentalismo, segundo o qual a Bíblia deve ser lida "ao pé da letra", sem a necessidade de se estudar o universo em que surgiu.

Cássio Murilo é Doutor em Ciências Bíblicas pelo Pontifício Instituto Bíblico de Roma. Publicou também por Edições Loyola o livro Aquele que manda a chuva sobre a face da terra, da coleção Bíblica Loyola.

Lembro que foi lançada ontem, dia 8, a segunda obra da coleção Ferramentas Bíblicas:

SANTOS, A.-A. G. Gramática do grego do Novo Testamento. São Paulo: Loyola, 2008, 344 p. - ISBN 9788515035311.

Fontes: Loyola e Cássio Murilo

Marcadores:

Bookmark and Share

Sexta-feira, Julho 25, 2008

Bibliotecas de Teologia na AL têm novos desafios

Sociedade da Informação gera novos desafios à prática teológica
As bibliotecas teológicas têm o desafio de se atualizar no uso das novas ferramentas contemporâneas e de estabelecer novas estratégias de relação com os usuários e centros de produção bibliográfica. Para tanto, precisam ganhar versatilidade no uso dos novos dispositivos de comunicação e estabelecer estratégias efetivas de intercâmbio de informação.

Assunção, terça-feira, 22 de julho de 2008

Por Bani Fernández

A conclusão é de bibliotecários latino-americanos, reunidos de 14 a 18 de julho, em Assunção, no marco do VII Encontro da Rede Latino-Americana de Informação (RLIT). O encontro teve como lema “Bibliotecários propagadores de esperança para uma nova geração de teólogos", reuniu mais de 30 profissionais e foi realizado nas instalações do Instituto Bíblico de Assunção. A agenda de discussão do encontro girou em torno dos desafios propostos pelas novas tecnologias da informação e da comunicação à educação, à pesquisa e à produção teológica no continente. A internet, reconheceram os bibliotecários reunidos, é una vasta fonte de informação teológica. No entanto, a escassa confiabilidade dos textos publicados na web gera sérios problemas, de modo especial para teólogos e teólogas pesquisadores [sublinhado meu]. Para suprir tal deficiência, as bibliotecas teológicas foram desafiadas a prover critérios adequados e novos serviços de informação para a busca de textos academicamente confiáveis. Os bibliotecários sugeriram a criação de catálogos coletivos de publicações periódicas, o acesso a bases de dados e banco de dados digitais para teses e dissertações produzidas no continente e que contribuam para o trabalho de investigação teológica latino-americana. No encontro, a representante da American Theological Library Association (ATLA), Barbara Kemmis, enfocou os serviços de informação sobre Teologia e Religião e o interesse de trabalhar com as instituições teológicas da região. Concluída a oficina, a RLIT realizou assembléia e reelegeu Claudia Seiler como coordenadora geral e uma equipe composta por representantes do México, Equador, Paraguai e Argentina, que acompanhará o trabalho em Rede das Bibliotecas Teológicas. A RLIT tem como objetivo a difusão da informação teológica, a fim de contribuir para o melhor aproveitamento dos recursos materiais e humanos no desenvolvimento das atividades bibliotecológicas, acadêmicas e de pesquisa realizadas no campo da teologia na região latino-americana.

Fonte: ALC - Agência Latino-Americana e Caribenha de Comunicação

Marcadores:

Bookmark and Share

Segunda-feira, Maio 26, 2008

Philip R. Davies: Memories of Ancient Israel

Vem aí, lá pelo fim de outubro, começo de novembro, mais um livro de Philip R. Davies sobre a espinhosa tarefa que se tornou hoje a escrita de uma História de Israel:


DAVIES, P. R. Memories of Ancient Israel: An Introduction to Biblical History - Ancient and Modern. Louisville, KY: Westminster John Knox Press, 2008, 208 p. - ISBN 9780664232887.

Publicação prevista para outubro de 2008.

A descrição do livro:
"Recent years have seen an explosion of writing on the history of Israel, prompted largely by definitive archaeological surveys and attempts to write a genuine archaeological history of ancient Israel and Judah. The scholarly world has also witnessed an intense confrontation between so-called minimalists and maximalists over the correct approach to the historicity of the Bible. Memories of Ancient Israel looks at the issues at stake in doing biblical history the ideologies involved, the changing role of archaeology, and the influence of cultural contexts, both ancient and modern. Davies suggests a different way of defining the problem of reliability and historicity by employing the theory of cultural memory [sublinhado meu]. In doing so, he provides a better explanation of how ancient societies constructed their past but also a penetrating insight into the ideological underpinnings of today's scholarly debates".

Leia também:
Dois novos livros de Philip R. Davies

Marcadores:

Bookmark and Share

Quinta-feira, Maio 22, 2008

Novo livro de James Dunn

O segundo volume da obra monumental de James Dunn sobre o nascimento do cristianismo será publicado em outubro de 2008. São três volumes que cobrirão os primeiros 120 anos do cristianismo. O primeiro volume saiu em 2003.


DUNN, J. D. G. Beginning from Jerusalem: Christianity in the Making, Volume 2. Grand Rapids, MI: Eerdmans, 2008, 1392 p. - ISBN 9780802839329

Diz a editora:
James Dunn is regarded worldwide as one of today’s foremost biblical scholars. Having written groundbreaking studies of the New Testament and a standard work on Paul’s theology, Dunn here turns his pen to the rise of Christianity itself. Beginning from Jerusalem is the second installment in what will be a monumental three-volume history of the first 120 years of the faith [the first is Jesus Remembered]. Beginning from Jerusalem covers the early formation of the Christian faith from 30 to 70 C.E. After outlining the quest for the historical church (parallel to the quest for the historical Jesus) and reviewing the sources, James Dunn follows the course of the movement stemming from Jesus “beginning from Jerusalem.” He opens with a close analysis of what can be said of the earliest Jerusalem community, the Hellenists, the mission of Peter, and the emergence of Paul. Then Dunn focuses solely on Paul — the chronology of his life and mission, his understanding of his call as apostle, and the character of the churches that he founded. The third part traces the final days and literary legacies of the three principal figures of first-generation Christianity: Paul, Peter, and James the brother of Jesus. Each section includes detailed interaction with the vast wealth of secondary literature on the many subjects covered.

Veja também: DUNN, J. D. G. Jesus Remembered: Christianity in the Making, Volume 1. Grand Rapids, MI: Eerdmans, 2003. xvii + 1019 p. - ISBN 9780802839312

Marcadores:

Bookmark and Share

Quinta-feira, Abril 17, 2008

Gramatica do Grego do Novo Testamento

A Loyola está anunciando para breve o lançamento do segundo volume da Coleção Ferramentas Bíblicas: uma Gramática do Grego do Novo Testamento.


SANTOS, A.-A. G. Gramática do grego do Novo Testamento. São Paulo: Loyola, 2008, 344 p. - ISBN 9788515035311.

Lembro ao leitor que esta coleção teve início com o excelente livro do Cássio Murilo Dias da Silva, Leia a Bíblia como literatura.

Meus alunos do Primeiro Ano de Teologia do CEARP estão utilizando este livro na disciplina de Introdução à S. Escritura. E sua avaliação é positiva.

Um estudante chamou minha atenção para as comparações feitas pelo Cássio de alguns textos das Bíblias em português e me disse que esta é uma ferramenta que tem sido de muita utilidade em sua atividade pastoral. A diversidade de traduções freqüentemente confunde as pessoas, que ficam se perguntando qual é a melhor Bíblia, qual seria a melhor tradução, qual é a mais confiável... O livro do Cássio ajuda a compreender isso.

Marcadores:

Bookmark and Share

Quinta-feira, Abril 10, 2008

Obras do OI online

AWOL - The Ancient World Online - 2

Visite esta página e veja que presente você acabou de ganhar: várias obras do Instituto Oriental da Universidade de Chicago estão disponíveis online.

Comunicado feito por Chuck Jones.

Marcadores:

Bookmark and Share

Quarta-feira, Abril 09, 2008

Novo livro de Niels Peter Lemche ainda em 2008

Vem aí um novo livro de Niels Peter Lemche.


LEMCHE, N. P. The Old Testament Between Theology and History: A Critical Survey. Louisville, KY: Westminster John Knox, 2008, 504 p. - ISBN 9780664232450.


Publicação prevista para outubro de 2008. Aguardemos. Com certa ansiedade. Lemche é um nome e tanto na Escola de Copenhague!

Marcadores:

Bookmark and Share

Terça-feira, Abril 08, 2008

O Deuteronomista e sua história de Israel

Telmo Figueiredo comunicou ontem, via e-mail, aos Biblistas Mineiros, que o nosso livro sobre a Obra Histórica Deuteronomista será lançado até o final de 2008, portanto, com certo atraso. Ele diz:

"A novela da publicação de nosso livro sobre o Deuteronomista vai se encaminhando ao seu final. Depois de muito refletir, e levando em conta as contribuições dos colegas, optamos pelo seguinte título para esse livro a ser publicado pela Editora Vozes de Petrópolis (RJ): O Deuteronomista e sua história de Israel: do êxodo ao exílio. Achamos que não poderíamos excluir a expressão “deuteronomista”, mesmo sendo esta muito questionada atualmente pela pesquisa bíblica, porém não surgiu nada melhor no horizonte, até o momento. Ao mesmo tempo, a versão do “deuteronomista” é uma entre outras, por isso, a escolha de “e sua história”, o possessivo ajuda a sublinhar essa variedade de visões sobre o passado de Israel. Identificando o tempo, “do êxodo ao exílio”, pretendemos tornar o título atraente a estudantes de Teologia a fim de facilitar a compreensão de qual época bíblica o livro se ocupa.

O Konings ficou encarregado de fazer uma “amarração” geral entre os diversos artigos que integrarão este livro, pois os mesmos foram redigidos, originalmente, para integrar uma revista. Em se tratando de livro a configuração final deve ser de capítulos e não artigos. Todo o material deveria chegar em suas mãos para ser realizada tal tarefa. Ainda não concluí uma verificação geral que estou fazendo desse material e de meu próprio capítulo. Assim que puder, irei remeter-lhe tudo para que se possa concluir a nossa preparação do livro e enviá-lo à Editora Vozes a fim de se proceder às várias etapas antes da publicação. Por esse motivo, a nossa obra não deverá ser publicada antes do final deste ano. Mas, a paciência da espera deverá ser compensadora devido ao resultado final, sem dúvida!"

Minha contribuição para o livro aparece em dois textos:
O Contexto da Obra Histórica Deuteronomista
Pequena bibliografia comentada sobre a Obra Histórica Deuteronomista

Marcadores:

Bookmark and Share