Observatório Bíblico

Quarta-feira, Março 25, 2009

Livro de James Crossley provoca polêmica

Um livro de James G. Crossley, Professor de Origens Cristãs e Judaísmo Antigo na Universidade de Sheffield, Reino Unido, obra recentemente publicada, está causando curiosa polêmica.

Principalmente porque o biblioblogueiro Crossley - veja seu blog Earliest Christian History - tratou da relação bastante amistosa de muitos biblistas - especialmente no âmbito anglo-americano - com o imperialismo. E, segundo a informação da editora, aplicando as teorias de Noam Chomsky, Edward Herman, Edward Said e outros, mostrou o alinhamento de vários biblioblogueiros com a ideologia da "guerra contra o terrorismo"...

Assim começa a descrição da editora Equinox:
This book applies the work of Noam Chomsky, Edward Herman, Edward Said and several others on international politics and the supportive role of the media, intellectuals and academics to contemporary Christian origins and New Testament scholarship. Part One looks at the ways in which New Testament and Christian origins scholarship has historically been influenced by its political and social settings over the past hundred years or so. Moving on to the present, the following chapter then applies Herman and Chomsky’s propaganda model of manufacturing consent in the mass media to the recent explosion of biblical scholars writing on the internet, in particularly ‘biblio-bloggers’. It is clear that political views in ‘biblio-blogging’ conform strikingly to the emphases that come through in Herman and Chomsky’s analysis of the mass media and intellectuals, particularly with the standard lines on the ‘war on terror’ and views on the contemporary Middle East. The rest of the book takes up modified key areas of the propaganda model in more detail...

O livro é:



CROSSLEY, J. G. Jesus in an Age of Terror: Scholarly Projects for a New American Century. London: Equinox Publishing, 2008, 256 p. - ISBN 9781845534295 (Hardback) 9781845534301 (Paperback)

Leia mais em Jesus in an Age of Terror, post de James G. Crossley que traz informações sobre o livro.

Veja resenhas do livro aqui, aqui e aqui.

E a polêmica sobre os exegetas e o imperialismo aqui, aqui e aqui.

E fique atento às "gentilezas" que certamente ainda serão publicadas sobre este livro.

Livro que recomendo, porque o autor, bem ou mal, teve a coragem de lidar com um tabu para muitos exegetas, que é a relação entre a leitura da Bíblia que andam fazendo e a realidade do mundo que vivemos hoje.

Marcadores:

Bookmark and Share

0 Comentários:

Postar um comentário



Links para este post:

Criar um link

<< Início